foto1
foto1
foto1
foto1
foto1

Reiki Universal

Símbolos de Reiki Tibetano

reiki tibetano símbolos

No sistema do Reiki Tibetano recebeu dois símbolos. Estes símbolos podem variar dependendo do professor ou do sistema. Por exemplo, alguns Mestres transmitem o Raku e a Serpente de Fogo. No entanto, outros Mestres possam também transmitir o Dai-Ko-Myo Tibetano, que para muitos é um símbolo do mestre, e a Serpente de Fogo. Embora ambas as fórmulas sejam válidas.

Os símbolos do Reiki são voltados principalmente para a transmissão da iniciação de Reiki, ou seja, utilizado no processo de iniciação ou sintonização. Este é o tema principal do curso de mestrado. No entanto, o símbolo do mestre no Reiki Tibetano é o Dai-Ko-Myo. Este símbolo tibetano emite uma vibração muito alta, na iniciação e quando começar a trabalhar com ele a experiência em nós, é uma mudança muito profunda.

 

Dai-Ko-Myo

Este símbolo é ensinado no Reiki Tibetano é o símbolo com a vibração mais elevada e, portanto, o nível espiritual mais evolutivo. Este símbolo pode nos dar um forte impulso no nosso caminho, mas devemos ter algum cuidado na sua utilização diária.

O Dai-Ko-Myo tem características muito semelhantes ao símbolo japonês Dai-Koo-Myo. O símbolo nos ajuda a elevar a nossa frequência vibratória, permite-nos conectar com a nossa essência divina e nos ajuda a encontrar o nosso lugar no mundo e conhecer o nosso plano de vida. Em suma, ele nos ajuda no caminho para a iluminação espiritual. 

O símbolo do segundo nível de Reiki ajuda-nos ao fazer uma cura física, mental ou emocional. Este símbolo melhora a cicatrização da alma, o envio de energia para as camadas mais subtis da aura e os chakras. Também ajuda na cura do nosso Karma. A verdadeira cura é a cura espiritual, mas o corpo, mente e emoções saudáveis ajuda-nos imenso para conseguir a cura espiritual.

Alguns significados podemos encontrar nestes símbolos, ou seja "Leve-nos de volta a Deus" ou "Lotus vela para a iluminação." O símbolo tibetano Dai-Ko-Myo pode ser encontrado em duas versões.

 

Serpente de Fogo

Este símbolo normalmente utilizado apenas para as iniciações. Assim, a missão da Serpente de Fogo é abrir a aura do aluno de iniciação e ao mesmo tempo, equilibrar os chakras. A diferença é que o Raku só abre a aura, mas não equilibra os chakras. Pode ser usado no início da abertura para abrir a aura do aluno e ao final da iniciação para fechar dependerá da intenção de lhe der. A maneira correta de traçar é começando pela cabeça, atravessa os chakras diferentes e apertando a espiral no cóccix.

O Serpente de Fogo embora tenha um total de nove curvas, entre os seus atributos incluem a ativação da Kundalini, elimina problemas nas costas e harmonizar os chacras. Também é utilizado nas iniciações. As nove curvas representam os sete chakras mais 2 que está acima da cabeça e abaixo dos pés.

 

Tummo

Este símbolo não foi transmitido a todos mestres de Reiki. Por alguma razão em algumas linhas de transmissão, e diversas escolas tenha se perdido. Onde se pode encontrar é no sistema de Karuna Reiki. É um símbolo tibetano que desenvolve anseio espiritual.

 

Dumo

É um símbolo Tibetano para os Mestre de Reiki que representa o “fogo” da Kundalini. Ele energiza e revitaliza o centro de cada um dos chacras, purificando o canal astral que está ligado a cada um dos chacras.

 

Raku

Também chamado de Fogo Serpentino ou Fogo da Kundalini, é utilizado para separar a aura do Mestre de Reiki e a aura do aluno. O Raku simboliza o Vajra (símbolo de pureza) do Budismo Vajrayana, também conhecido como o caminho de diamante no Tibete.

Vajra é uma palavra do sânscrito, sendo o seu equivalente em tibetano DORJE e simboliza a imutabilidade da verdadeira natureza da realidade. É usado nos rituais tântricos, na mão direita, simbolizando o princípio masculino do método (upaya), que preconiza o bem de todos os seres como caminho para a iluminação. Nestes rituais é usada também uma campainha, segurada na mão esquerda, simbolizando o princípio feminino da sabedoria (prajna). 

Gestos específicos de ambas as mãos, simbolizam a unificação do método e da sabedoria. No Reiki, o Raku é (normalmente) somente utilizado nas iniciações, onde, tem duas funções: 

1 - Fixação da energia no iniciado. (Nas práticas tibetanas designam-no como: "O Raio de Luz que mantém o Fogo").

2 - Para religar as pessoas a Terra. (Nos casos em que o desenraizamento proporciona um deslocamento da realidade).

 

Texto retirado em parte do site: http://www.reikiactivo.com/pt/reiki/simbolos/mestre/

 


Links: Escolas de Reiki | Partilhas de Reiki | Mestres de Reiki

 

Comentar


Código de segurança
Atualizar