Praticantes de Reiki

Como nos tornamos praticantes?

Não se aprende Reiki com o intelecto. A capacidade de fazer fluir a energia Reiki adquire-se através de um processo efectuado por um Mestre de Reiki. A este processo pode chamar-se alinhamento, sintonização ou iniciação de Reiki. As duas primeiras designações justificam-se estabelecendo uma analogia com o rádio ou a televisão: o Reiki, tal como as ondas de rádio, é uma energia vibratória; assim como não chega por as mãos em cima do ouvido para ouvir o som do rádio, também não resulta esticar as mãos e tentar apanhar as ondas do Reiki; para captar a energia cósmica é preciso ser primeiro sintonizado com ela.

O processo de sintonização consiste, através do uso de símbolos, posturas e respiração reguladas pela intenção de conferir a capacidade de ser canal de Reiki por parte do Mestre que o executa, na remoção dos bloqueios existentes nos canais da energia e na purificação e harmonização dos chacras (traduzido do sânscrito significa roda ou circulo) existentes nos corpos físico, astral e através das quais, segundo as ciências orientais, captamos as energias telúrica e celeste) de modo a amplificar a nossa condição de antenas entre o céu e a terra.

Segundo Diane Stein, "a capacidade para fazer Reiki faz parte do código genético humano e está programado no nosso ADN: (...) Os alinhamentos curam o nosso ADN deteriorado e conectam-nos de novo com a  energia universal de uma informação que se perdeu para os habitantes da Terra"

Em conclusão, se pretende tornar-se praticante de Reiki tem de receber uma sintonização ou iniciação efectuada por um Mestre no decurso de um curso onde são ministrados os ensinamentos relativos ao nível I. Lembre-se que alinhamento, sintonização ou iniciação à distância É UMA FARSA, UM ENGANO E UMA MENTIRA, que não deve aceitar.

 

Texto retirado do site www.centroanastacia.com

 

Categoria: